segunda-feira, 6 de setembro de 2010

O que ganhei hoje
Não foi um olhar
Nem foi um abraço
Muito menos um beijo seu

O que ganhei hoje
Foi a oportunidade de rever meu pranto
O que ganhei hoje
Foi a oportunidade de vê-lo sentado ao lado dela

Esperei ela sair
Sentei ao seu lado
Mas nem olhar
E nem palavras ganhei

Ganhei apenas seu ciúme infundado
Talvez tão quanto o meu
A única coisa que quis ganhar
Hoje não pude ter

Nenhum comentário:

Postar um comentário